Inscreva-se no canal

Coloque seu melhor email para receber as atualizações do blog!

Últimos vídeos

Browsing Tag

cardigã rosa

tema-calça clochard cropped
Looks

Look: Calça clochard, cardigã e scarpin nude

Dando sequência aos looks com a calça clochard, diferente do look anterior, hoje tem uma composição mais arrumadinha que pode ir para o ambiente de trabalho. O tecido da calça clochard apesar de ser menos estruturado, tem uma modelagem e um tecido mais bacana que fica entre o meio termo entre o formal e o informal.

look-calça clochard verde militar-blog el ropero-juliana sena

O cardigã é uma peça prática para ser levada pra lá e pra cá, também faz a vez de uma terceira peça bem útil que é ótima para nos proteger na medida certa dos ambientes com ar condicionado.

Além disso, esse modelo de cardigã é mais compridinho e cobre parte dos quadris, deixando a minha silhueta mais equilibrada pois, considero essa região do culote um pouco saliente, então, esse tipo de recurso me ajuda bastante! Uma boa dica para quem também quer deixar essa região do corpo menos evidente. 😉

Observem que as cores do look como um todo se conversam, possuem a mesma temperatura, ou seja a maioria são cores outonais.

cardigã rose-cobrindo os quadris-blog el ropero-juliana sena

Calça, blusa, cardigã, colar e bolsa: Renner | Scarpin: Dunes

tema-calça clochard cropped

Esse modelo de calça clochard que escolhi é bem peculiar poi, além de ser mais larga nas pernas, também possui  barra mais curta ou cropped, como estão chamando nas lojas. E para amenizar que a silhueta seja achatada por ter essa tipo de barra, um recurso é usar um sapato nude bem próximo ao seu tom de pele, outro maneira seria usar um calçado no tom da calça, no caso um verde oliva.

scarpin nude-alonga a silhueta-blog el ropero-juliana sena

COMPRE ON LINE:

[Looklink – Widget Vitrine #34853 – BEGIN …

… END]

A calça clochard pode ir pro trabalho também!
Faça um comentário Voltar ao topo
Vestido_cardigã_saoato nude_blog el ropero
Looks

Look: O vestido perfeito mas, com a cor errada!

Já falei sobre coloração pessoal em outro look (esse aqui!), lá vocês podem conferir um pouco sobre o que acontece quando você veste as cores certas para o seu tom de pele.

Você já teve a impressão de que algumas cores, embora você até ache bonitas, ficam esquisitas em você, você tira e põe mas, você sabe que alguma coisa não está funcionando como deveria e até chega a incomodar… Já tiveram essa impressão?

Se você se identificou, provavelmente, aquela cor não faz parte da sua cartela cores! E isso aconteceu um pouco com esse vestido e já vou explicar…vem!

Vestido_cardigã_saoato nude_blog el ropero

Eu amo estampa de corações e quando vi essa estampa pelo site da Lascivité, fiquei encantada. Fiz uma parceria com eles, lembram? (vejam aqui!). E eles me presentearam com um vestido e não tive dúvida na escolha,  fui direto nesse! Sabia que a cor mostarda / bege, predominante nele, não me favorecia nem um pouco, porque fica muito próxima ao tom e ao subtom da minha pele que é amarelada. Mas, o caimento e a modelagem eram perfeitas!

Vestido_cardigã_saoato nude_blog el ropero

Para amenizar e harmonizar melhor a cor do vestido, escolhi esse cardigã de cor forte que tem na minha cartela, inverno puro, então, a cor do cardigã quebra a cor que não me favorece e assim o problema é resolvido!

A análise de coloração pessoal é uma técnica em que uso tecidos e a partir deles, verifico quais cores favorecem seu tom de pele e a deixam mais bonita, amenizando pequenas linhas de expressão, por exemplo!

Quer saber mais sobre a coloração pessoal? Vocês podem acessar o meu site da consultoria de estilo ou me enviar um email que explico tudo sobre esse serviço: [email protected].

Vestido_cardigã_saoato nude_blog el ropero

Créditos:

  • Vestido: Lascivité
  • Cardigã: Emme
  • Scarpin: Dunes
  • Bolsa: Renner

Vestido_cardigã_saoato nude_blog el ropero

E aí, quer descobrir quais cores te favorecem?

 

Acompanhem o blog nas redes sociais: Instagram | Pinterest | FacebookYoutube

Faça um comentário Voltar ao topo